segunda-feira, 19 de abril de 2010

DIETOTERAPIA E SUPLEMENTAÇÃO EM COLITE ULCERATIVA

A colite ulcerativa é caracterizada como doença intestinal de causa desconhecida, mas de grande componente psicossomático. É a inflamação da mucosa e da submucosa e ulceração, com predomínio no cólon descendente, no sigmóide e no reto.

A colite ulcerativa pode afetar apenas a parte inferior do cólon, reto e é, então, chamada de proctite ulcerativa. Se a doença afetar apenas o lado esquerdo do cólon, ela é chamada de colite distal ou limitada. Se ela envolver todo o cólon, é pancolite.

A colite ulcerativa difere de uma outra doença inflamatória intestinal, a doença de Crohn. A colite ulcerativa afeta apenas o cólon. A inflamação é máxima no reto e estende-se até o cólon de modo contínuo, sem nenhuma área de intestino normal poupada.

A doença de Crohn, pode afetar qualquer área do trato gastrointestinal, incluindo o intestino delgado, e pode haver áreas de intestino normal entre as áreas de intestino doente, as chamadas áreas "poupadas".

A colite ulcerativa afeta apenas a camada mais superficial do cólon, enquanto a doença de Crohn pode afetar toda a espessura da parede intestinal. A colite ulcerativa e a doença de Crohn são diferentes do cólon espástico ou síndrome do cólon irritável, que é um distúrbio de motilidade do trato gastrointestinal. A sindrome do cólon irritável não tem nenhuma relação com a colite ulcerativa ou doença de Crohn.

A musculatura intestinal também pode ser afetada, provocando a dilatação colônica chamada de megacólon. Esta por sua vez, pode ser aguda, moderada ou crônica.

Texto:  Vinícius Graton - Nutricionista CRN9-9877

********************************************************

Espero que tenham gostado da matéria, apenas alterei a foto pois o assunto já é sério demais
então resolvi colocar flores em homenagem à minha amiga Jussara que tem esta doença terrível.
Beijoh s a todos.



Nenhum comentário: