sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Cremoso Frango Grelhado Piccata


Frango
Suco de 1 limão (3Tbsp) 
3 colheres de sopa de azeite 
1 colher de sopa de alho picado 
1 colher de chá de sal 
1/4 colher de chá de pimenta preta 
1/2 colher de chá de manjericão ou orégano 
2 desossada, sem pele peitos de frango 
Pasta 2 xícaras de penne massas secas 2 colheres de sopa de manteiga 
suco de 2 limões (6 colheres de sopa) 
1 colher de sopa de alho picado 
1/2 xícara de meio a meio (ou creme de leite) 
2 colheres de chá de manjericão 
2 Tbps alcaparras meia xícara de queijo parmesão ralado 
Frango Combine 6 primeiros ingredientes e misture bem.

Coloque o frango em um saco fechado e despeje a marinada sobre o frango. Deixe marinar durante a noite na geladeira.Quando estiver pronto, grade até feito. Permitir frango para descansar por alguns minutos e, em seguida, corte em tiras para servir com massas. Pasta Enquanto o frango é grelhar. Cozinhe o macarrão conforme as instruções da (10-12 minutos).Reserve 1/2 xícara de água do macarrão e escorra. Na mesma panela, derreta a manteiga em fogo médio. Misture o alho eo suco de limão. Despeje em meio a meio e bata até ficar bem quente. Adicione um pouco de sal e pimenta a gosto. Adicione o queijo parmesão, manjericão e alcaparras, e calor até o queijo derreter. Verifique a consistência do molho e acrescente um pouco da água do macarrão reservado para soltar o molho, se necessário. Atire em massa. Sirva em taças de massa com frango grelhado no topo. Polvilhe com mais queijo parmesão, se desejar.

Com carinho

Neide Teixeira

Sala de jantar - a mesa bem posta abre o apetite.

Imagens que falam mais que mil palavras!












Imagens extraídas: aqui


Geléia de pimentão caseira

Essa receita de geléia de pimentão caseira é do repertório da Neidinha, uma cozinheira de mão cheia que está sempre com a casa lotada. Quando comi, não acreditei. Até fiz um canapé com ela no Jogo de Panelas, e foi um sucesso. Afinal, não é uma geléia que você acha no supermercado.
geleia de pimentao com cream cheese
1 pimentão amarelo sem sementes, picado em cubinhos
1 pimentão vermelho sem sementes, picado em cubinhos
1 xícara de açúcar
1 colher sopa de pimenta calabresa
Dá pra 12 petiscarem
Não tem coisa mais fácil no mundo. O trabalho é picar os pimentões e jogar na panela com o açúcar e a pimenta calabresa, no fogo baixo. Não, não tente usar o pimentão verde, porque ele é mais ácido e não fica legal. Não, não precisa adicionar água. É só deixar cozinhar por cerca de meia hora, tomando o cuidado de retirar com uma colher a espuma que vai se formando com a fervura. Quando a água que os próprios pimentões liberaram começar a espessar, desligue o fogo. Quando esfriar, a geléia vai adquirir a consistência certa.
Sirva sobre um bocado de cream cheese, acompanhado de torradinhas de pão sírio ou qualquer outra desculpa para comer. E faça um brinde à Neidinha!
***********************
Queridos amigos, é pura coincidência, não sou eu, ainda!
Com carinho
Neide Teixeira


Fettuccine e Paillard - Cozinha Francesa


paillard
É um dos nomes de pratos que mais me deleita pronunciar: Fettuccine e Paillard. Uma dupla dinâmica que agrada a qualquer um, sem ser blasé. Escolha uma bela peça de filé.
300g de filé mignon, cortado em 2 bifes altos
300g de fettucine (usei um verde, de espinafre)
500ml de leite integral
1 cebola bem picada
2 dentes de alho, picados
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de parmesão ralado fresco
Noz moscada a gosto
Um punhado de salsinha bem picada
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta-do-reino
rende 2 porções
Prepare o macarrão, seguindo as instruções da embalagem. Ao mesmo tempo vá arrumando o molho branco, que pode ser um bechamel ou qualquer coisa. Eu fiz um bem simples mesmo, se você quiser variar…
Se quiser me seguir, faz assim: derreta a manteiga com um pouco de óleo, doure a cebola bem picada com o alho picadinho, acrescente o leite e aos poucos o parmesão e deixe ferver até reduzir pela metade. Acerte o sal e pimenta-do-reino e finalize com noz moscada. E está pronto o molho branco mais básico do mundo. Se você quiser incrementar, fique à vontade! Mas não complique, senão complica.
Já supondo que você cortou o filé em bifes bem altos (digo pelo menos 5cm de altura), posicione-os com as fibras para o alto em uma superfície lisa e resistente. Coloque por cima uma folha de filme pvc e utilize uma frigideira para bater o filé, abrindo-o até a espessura de 1cm. Isso deve gerar um filé bem largo e fino. O espancamento do filé é uma habilidade que se conquista aos poucos. Não precisa torturar, é só abrir bem, e por igual, formando um bife que vai derreter na boca.
Tempere o filé dos dois lados generosamente com sal marino e pimenta-do-reino, moída na hora se possível. Aqueça bem uma frigideira larga com um pouco de azeite, e frite os bifes bem rapidamente – algo como 2 minutos de cada lado. O segredo que não é segredo é a frigideira bem quente, para que o seu paillard fique suculento e macio.
Na hora de servir, misture a massa ao molho, colocando ao lado e meio por cima do paillard, que deve ocupar boa parte do prato. Finalize com pimenta-do-reino e salsinha bem picada. Depois que comer, discuta com os amigos: é um prato francês ou italiano? Poste seu comentário aqui!
Extraídos texto e imagem: aqui
Espero que tenha gostado porque eu amei.

Beijinho
Neide Teixeira

Salada Grega

Inspirado em receita do livro “Cook with Jamie”

Eu precisava de uma salada nova, fresca e estonteante, e arranjei isto. Avocado – quase o mesmo que abacate – com queijo feta, um dos ingredientes mais caros que já usei. Digo que valeu a pena. A salada é exótica mas agrada a qualquer um. Alguns separam a cebola, outros, o abacate, mas o molho e a combinação de azeitonas e tomates sweet grape – outra delícia – é infalível.
1 pé de alface americana
200g de queijo de cabra (queijo feta)
1 avocado maduro (ou 1/2 abacate)
100g de azeitonas pretas, picadas, sem caroço
1 cebola roxa
200g de tomate uva (sweet grape)
Orégano
2 limões
Azeite extra-virgem
Sal e pimenta-do-reino
dá para 4 comerem
Como em qualquer salada, lave tudo muito bem. Corte a alface em pedaços que caibam na boca. Corte a cebola no meio e depois em tiras o mais finas possível. Corte o avocado em cubos pequenos. Corte os tomates na metade, o que dá todo um charme. E aí é hora do molho.
Misture 4 colheres de sopa de suco de limão a umas 8 a 10 de um bom azeite, sal, pimenta-do-reino e uma colher de sopa de orégano. Bata bem com um garfo, para a mistura ficar uniforme. Misture os tomatinhos, azeitonas, cebola roxa e abacate a metade deste molho (reserve a outra metade para colocar na mesa). Deixe marinar por 5 minutos, depois delicadamente despeje esta mistura por cima das folhas de alface, já na travessa que vai à mesa. Misture com muito carinho, o que exige usar as mãos, até que o molho envolva toda a salada. Por último, pegue o queijo feta com as mãos e tente esfarelá-lo por cima de tudo. Dependendo do tipo de feta, você terá maior ou menor sucesso nesse processo. Acho melhor esfarelar do que cortar em cubos, porque assim o queijo se distribui melhor na salada. O gosto do feta faz todo o sentido neste prato, então não recomendo substituí-lo.
Misture novamente com carinho, e escolha se dá um splash de molho na salada toda, ou se deixa o molho à mesa para os mais molhadinhos. Finalize com um pouco de orégano por cima de tudo, e pronto!
Extraídos texto e imagem: aqui
Espero que tenha gostado porque eu amei.

Beijinho
Neide Teixeira

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Petit Gateau de Caneca - Baixas Calorias



01 xícara (chá) de leite em pó desnatado (110 g)  
01 xícara (chá) de chocolate em pó (120 g)
1/2 colher de sopa de adoçante de forno( tal e qual)
04 ovos

Em uma tigela, coloque o leite em pó, o chocolate em pó, o adoçante e os ovos e misture bem até formar uma massa homogênea.

Transfira a massa para forminhas próprias para empadinhas, untadas com manteiga e polvilhadas com chocolate em pó e leve ao forno alto pré-aquecido a 200°C por 11 minutos. Retire do forno e sirva em seguida quente.


O mais Legal: cada unidade de petit gateau desta receita (sem a calda) tem 40% a menos de calorias comparando com uma receita tradicional que leva manteiga e farinha de trigo.

Fonte: Aqui

Espero que tenha gostado porque eu amei.

Beijinho
Neide Teixeira

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Baby Food Muffins


Sim, comida para bebé, bem para ser mais exato, baby frutas em uma jarra. Tive esta receita para um bom tempo agora. Eles são bem rápido de montar, por isso eles são ótimos para um lanche, ou um rápido café da manhã. Que a receita só faz doze muffins, é muito agradável, menos bolos por aí, (não que muffins, durar muito tempo em torno de nossa casa). Portanto, dar-lhes uma chance, quando você receber uma chance :)
ingrediente secreto

misture os ovos, o açúcar, a baunilha, o óleo de bebê e frutas juntos

adicionar a farinha, o fermento em pó e sal

misturar até combinado

leve ao forno por 15-18 minutos. @ 180 º / 350

Enjoy :)

Extraídos imagem e texto: 
http://azoresgal.blogspot.com.br/2014/06/baby-food-muffins.html

Com carinho,

Neide Teixeira

Muffins Abobrinha

3 c. de farinha de trigo 
2 colheres de chá. bicarbonato de sódio 
1/2 colher de chá. sal 
2 colheres de chá. canela 
1/2 colher de chá. noz-moscada 
1 1/3 c. açúcar 
2 ovos 
2/3 c. de manteiga derretida (mais 1 tb. para mais tarde) 
2 colheres de chá. baunilha 3 c. abobrinha descascada-un ralado 

Misture, a farinha, o bicarbonato de sódio, sal, canela e noz-moscada; reserve.  
Em uma tigela, bata o açúcar e os ovos até ficar cremoso. Adicione o 2/3 xícara de manteiga derretida, a baunilha e misture bem. Adicione a abobrinha desfiado e misture.  último, adicione os ingredientes secos e misture só até misturar bem . Batter vai ser muito grossa. Derreta uma colher de manteiga e utilizando um pincel, escova todo o forminhas de muffin.   Distribua a massa uniformemente entre forminhas untadas, enchendo completamente cheio. Asse em forno a 180 / / 350 graus por 21-23 minutos para normal muffins ou 30-32 minutos para bolos grandes. Muffins será bronzeado e um palito inserido no centro sairá limpo.   
*** I utilizados forros do queque, você também cou usar spray de cozinha em vez do 1 colher de sopa de manteiga meltes. fonte receita








Orzo Salada Grega


Esta salada é fácil de fazer e tem um sabor fresco maravilhoso. 
É uma grande salada de trazer para churrasco ou festas, 
e grande como uma refeição rápida. 
Sirva dois ou servir vinte, apenas adicionando mais ou menos orzo e vegetais. 
Grill-se um pouco de frango ou camarão e adicioná-lo à salada para torná-lo 
uma refeição de um prato.Ainda estamos curtindo o verão, por isso depois 
de um dia na praia, esta salada bate o ponto, rápida e deliciosa!


2 xícaras orzo seco, cozido em água e sal e escorrido 

1 xícara de tomates cereja esquartejado 
½ xícara de cebola roxa finamente picado 
3 colheres de sopa de endro fresco picado / 1 colher de chá seco 
 ½ xícara de azeitonas pretas fatiadas 
1 xícara desintegrado feta. 
Cozinhe o macarrão de acordo com as instruções. 
Enquanto a massa está cozinhando . cortar legumes e dill 
Misture todos os ingredientes juntos . Misture com o máximo de se vestir como você gosta de vestir: ¼ xícara de vinagre de vinho tinto Suco de um limão Sal marinho e pimenta do reino a gosto 4 colheres de sopa de mel ¾ xícara de azeite extra virgem Coloque tudo ingredientes em uma garrafa de molho de salada ou em uma jarra com tampa e agite bem. 
*** Então aqui está a coisa, depois de fazer isso uma vez que você pode muito bem globo ocular, o orzo e os legumes. Você também pode adicionar todos os tipos de coisas para a salada, grão de bico, alcachofras, pimentos, pepinos, mesmo alguns camarão ou frango grelhado!


Extraído daqui

Com carinho,
Neide Teixeira

Wagashi, a doçaria tradicional do Japão

Na Primavera, quando começam a desabrochar as flores de cerejeira, surgem os doces tradicionais japoneses – Wagashi ( 和菓子), que são a representação da arte e da alta qualidade associada à culinária japonesa.
Tal como no início de outras culturas, os alimentos que tinham a função de doces eram as frutas. No Japão, com o cultivo de cereais, surgiu o mochi (もち), que são bolinhos de arroz glutinoso e a variante em espetadinhas, os dango (団子), também eles resultantes da mistura de cereais e água em forma de bolinhas.
1
No século IX surgiram os doces chamados de karagashi ( 唐菓子) – doces da dinastia Tang – com a introdução de técnicas chinesas na confecção de doçaria. Eram essencialmente fritos, feitos a partir de farinhas de cereais e servidos nas oferendas aos deuses.
Os comerciantes e missionários portugueses quando desembarcaram no Japão, no século XVI revelaram a doçaria desenvolvida nos mosteiros. Pão-de-ló, biscoitos e “confeitos” eram os doces que eram mais resistentes ao tempo, não se estragavam durante as viagens e serviram de oferta aos japoneses. Ao contar com a influência chinesa e portuguesa a doçaria japonesa foi-se aperfeiçoando e demonstrando a simplicidade e delicadeza no paladar e na aparência, características inerentes à sua cultura.
2
A doçaria japonesa é bastante saudável, pois na sua confecção estão presentes essencialmente leguminosas, cereais, sementes, batatas e algas, raramente é usada gordura de origem animal e o açúcar é usado de forma equilibrada. Os ingredientes mais usados são o anko (餡子) – pasta de feijão azuki (アズキ), variedades de farinha de arroz e kanten ( 寒天) – conhecido no Ocidente pelo nome ‘ágar-ágar’, que funciona como agente gelificante. Para apurar e equilibrar o sabor são adicionados ervas, chás, frutas, extractos de flores ou sementes que funcionam como corantes naturais.
O wagashi faz parte das cerimónias tradicionais no Japão, existindo wagashi que é feito de propósito para cada tipo de festividade. Na cerimónia do chá são servidos diferentes tipos de wagashi consoante a época do ano, pois a disponibilidade de frutas da época interfere neste facto.
3
A sobremesa depois da refeição não faz parte da cultura japonesa, apenas geleia de fruta é servida no final de certo tipo de refeições mais completas, mas na hora do lanche, as casas de chá estão repletas e lá são servidas ementas compostas por chá e doce.
O cuidado colocado na confecção e na apresentação de wagashi faz com que seja uma oferta muito importante e até a família imperial oferece às suas visitas como boas-vindas konpeitō (金平糖, palavra japonesa que vem do português confeito), que é feito de açúcar em pequenas esferas com saliências.
Escrito por: Filipa Claro
Extraído: http://www.clubotaku.org/niji/cultu/wagashi-a-docaria-tradicional-do-japao/
***************************************
Sou muito curiosa e amei esta matéria, por isso compartilho.
Beijinho,
Com carinho
Neide

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Abobrinha cru marinado com ervas


Ingredientes para 4-6 pessoas

- 3 a 4 abobrinhas média 
- suco de 1 limão 
- 1 dente de alho finamente picado 
- 3 colheres de sopa colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem 
- 6 folhas de manjericão 
- 10 folhas frescas de hortelã + algumas para a decoração 
- sal marinho 

Preparação 
Lavar e ervas secas. Pique e coloque a hortelã em uma tigela. 
Mergulhe as folhas de mahericão em azeite.
Lave e seque as abobrinhas.
Retire as pontas.Rale as abobrinhas com um ralador grosso e coloque em uma tigela. 
Ponha as folhas de manjericão picado, azeite e alho num socador. 
Amasse até obter uma pasta. Adicione o suco de limão e um pouco de sal. 
Despeje sobre abobrinha e misture. 
Cubra com filme transparente e deixe descansar na geladeira por 1 hora. 
Decore com folhas de hortelã antes de servir.

Extraído daqui.

Com carinho
Neide

Pão 4 Farinhas


1 1 / 2 xícaras de água morna
1 / 2 xícara de mel
1 1 / 2 colher de chá de sal
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de farinha de trigo integral
3 / 4 xícara de farinha de centeio
3 / 4 xícara de farinha de milho
2 1 / 4 colheres de chá de fermento biológico seco 
Na máquina de pão, coloque todos os ingredientes na ordem sugerida pelo fabricante. Selecione a configuração básica de pão.


Extraído daqui.

Com carinho,
Neide

Tomato and Grilled Bread Salad - Panzanella


Panzanella
200 g de pão italiano cortado em fatias de 1,5 cm (usei 2 pães tipo francês)
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 tomates grandes, cortados em cubos de 1,5 cm (4 xícaras)
2 pepinos descascados, cortado em cubos de 1,5 cm (2 xícaras)
1/4 xícara de manjericão fresco

Molho:
1/4 xícara de azeite de oliva
1 colher (sopa) vinagre
Sal e pimenta

1. Pincele os dois lados das fatias de pão com azeite. Leve ao forno para tostar, 
por 3 a 4 minutos de cada lado. Deixe esfriar um pouco e corte em cubos grandes.

2. Em uma saladeira grande, misture o pão torrado com os tomates, o pepino e o manjericão. Tempere com o molho de azeite ou outro de sua preferência.

Dicas:
- Improvise, acrescentando cebolas, azeitonas ou anchovas.
- Esta salada pode ser guardada na geladeira, o pão absorve o tempero e fica saboroso.
- Eu prefiro preparar alguns molhos diferentes e servi-los separadamente. N
esta salada, usei o vinagrete de gengibre temperado com flor de sal de manjericão e a combinação ficou perfeita.

Extraído: daqui

Insalata Caprese, com muito amor.

Surpreenda quem ama com esta deliciosa salada Caprese.




Cortadores de biscoitos... use para cortar legumes, queijos etc.

apenas 10 minutinhos no preparo desta salada italiana de tomates! Lavar, cortar e temperar tomates, queijo e manjericão. Uma salada pronta para arrasar.

Salada Caprese
Tomates lavados e fatiados
Muçarela de búfala (usei queijo da canastra)
Manjericão fresco (usei o francês, que tem folhas pequenas)
Ervas finas, azeite, pimenta, alho em pó e sal
Cortadores de biscoitos em formato de coração

1) Disponha os tomates lavados e fatiados sobre um prato, 
polvilhe as ervas finas, o alho em pó, a pimenta e o sal. 

2) Corte o queijo com um cortador de biscoitos, coloque sobre os tomates, 
escorra um fio de azeite por todo o prato e polvilhe mais ervas finas. 
Decore com folhas de manjericão. Sirva como aperitivo, com pão italiano 
ou use para rechear sanduíches. Se demorar a consumir, deixe o sal de fora e 
coloque na hora.

Extraídos: Imagens e receita: aqui

Com carinho,

Neide Teixeira

terça-feira, 17 de junho de 2014

Recheio de Esfiha

Assim, parece fácil...kkkk

Recheio de esfiha

Sangria Especial

Receitas Ilustradas

Beijinho (no ombro) Dietético

Receita Beijinho Diet

Pudim dietético

Pudim Diet Receitas Ilustradas

Série Dica da Vó

Achei estas imagens e amei...série DICA DA VÓ


1236388_562695680485680_1194045267_n

Como plantar Tomates

Muito legal, não acharam?

Beijinho


Temperos do Bem

Trazendo alguns temperos para facilitar a vida dos hipertensos, que precisam diminuir o sal então que seja por temperos saborosos e do bem.
Veja:
temperos

Etraída imagem do Pinterest.

AMORA - Fruta possui ainda vitamina C e propriedades antioxidantes


A amora é uma frutinha pequena, mas com muitos benefícios, e se tornou a nova aliada do emagrecimento, especialmente na forma de chá, feito com folhas. “O chá de amora pode colaborar para a perda de peso devido à presença de fibra e leveduras, que facilitam a digestão e melhoram o funcionamento do intestino”, explica a nutricionista Fernanda Odebrecht Tonelli, da Clínica Livon, de Joinville (SC).

Chá de amora emagrece 1,5 kg em uma semana title=

Como preparar o chá de amora

A maneira correta de fazer o chá que ajuda a emagrecer é ferver um litro de água e, depois de pronto, acrescentar de três a cinco folhas de amora. “O chá pode ser consumido no decorrer do dia em que foi preparado, quente ou em temperatura ambiente”, diz a nutricionista.
Ela ressalta, porém, que nenhum alimento, em uso isolado, tem a característica do emagrecimento. “O chá de amora serve apenas como aliado. É importante o acompanhamento nutricional para que o cardápio seja equilibrado e completo de acordo com as necessidades de cada um”, explica.
perda de peso varia de pessoa para pessoa, mas a média é de 1,5kg por semana, tendo uma alimentação balanceada e uma prática diária de exercícios físicos.
cha-de-amora-emagrecer-2

Benefícios da amora

A fruta é fonte de ferro e vitamina C, além de conter antocianinas, antioxidantes capazes de reverter os danos causados à célula pelos radicais livres. Por isso, é muito utilizada para prevenir câncer e doenças cardiovasculares. Por conter cálcio, pode colaborar também no combate à osteoporose. O chá das folhas de amora ajuda, ainda, a melhorar sintomas relacionados à hipertensão arterial e diabetes.

por Mariana Bueno
Extraído: http://www.bolsademulher.com/corpo/cha-de-amora-emagrece-15-kg-em-uma-semana/